Sobre a Cultura do Estupro


NÃO, ELES NÃO SÃO DOENTES.


Esta semana todos nós ficamos chocado com mais um caso de total violência contra a mulher: 33 homens doparam e estupraram uma jovem de 16 anos [1] e, como se não bastasse tamanha atrocidade, ainda fizeram chacota, divulgando fotos e vídeos, expondo com orgulho a desgraça que acabaram de fazer.


Não eram doentes, não eram monstros. Eram homens. Homens normais e com plena consciência do que estavam fazendo (e se divertindo). Homens como qualquer outro homem.


Curiosamente, nesta mesma semana, o atual ministro da Educação se reuniu com um homem que, em 2014, declarou, em tom de piada e em rede nacional, que havia estuprado uma mãe de santo (ocasião na qual todos riram). Nesta reunião, este homem pedia pelo fim da "doutrinação de esquerda e de gênero" (sic) nas escolas [2].


No Brasil, a cada 11 minutos, uma mulher é estuprada [3]. Precisamos parar essa barbárie, precisamos falar sobre a cultura do estupro que destrói a vida de milhares de mulheres diariamente, precisamos lutar contra este cenário. A Índia é aqui! [4]


Toda solidariedade à jovem carioca e para todas as mulheres que foram vítimas dessa violência que persiste enraizada em nossa sociedade.


Nós lutamos pelo fim da cultura do estupro!

--

Notas: [1] glo.bo/1TDBrC9 [2] bitly.com/1TDBsGc [3] glo.bo/1TDAxpl [4] bbc.in/1TDBLkq

#culturadoestupro

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Federação Nacional dos Estudantes de Economia - FENECO

Sede: Av. Prof. Luciano Gualberto, 908 - Butantã, São Paulo - SP, 05508-010

E-mail: direcaoexecutivafeneco@gmail.com

Copyright © 2016 FENECO - All rights reserved.